Art'n
'Enquanto a história conta o que aconteceu, a arte, simplesmente acontece!'
Últimos assuntos
» dayane graunke
Seg Set 19, 2016 9:27 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:26 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:25 am por Professor Cesar

» Atividades da Jessica
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» atividades do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» Atividades de Hingred
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» atividade do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» Atividade do Kaio
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

» Atividade de Dayane
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Estatísticas
Temos 2201 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de karlasoares

Os nossos membros postaram um total de 15250 mensagens em 2514 assuntos
Votação
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Furl  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking


Atividades - Vanessa 35

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Eliza Blum em Ter Ago 02, 2016 9:52 pm

Vanessa 35

Eliza Blum

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/08/2016
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Eliza Blum em Ter Ago 02, 2016 10:04 pm


Curiosidade sobre Música:

Já ouviu falar em 432Hz?
A história é bastante antiga e ao que tudo indica se inicia na Suméria, por volta de 5500 a 4000 a.c., quando os sumérios afinavam seus instrumentos em Lá na frequência de 432Hz, ou seja, esta nota vibrava 432 vezes por segundo. Não se sabe exatamente o motivo real desta preferência, mas até o século XX, Mozart, Verdi e outros compositores da época, mantinham esta frequência. De acordo com cientistas, tocar e ouvir música em 432 Hz aumenta a capacidade de seu cérebro, faz seu corpo e o mundo orgânico ressoarem de forma natural, preenche seu interior com a sensação de paz, bem-estar com o mundo, liberando bloqueios emocionais, e expandindo a consciência.

Segundo o cientista W. O. Schumann, conhecido por documentar matematicamente que a frequência 8Hz é a batida fundamental do planeta, obteve este resultado após ressonâncias magnéticas em descargas elétricas de raios dentro da cavidade existente entre a superfície da terra e a ionosfera (camada terrestre localizada a aproximadamente 60.000 km da superfície da terra que contém cargas elétricas, íons e elétrons). Esta cavidade ressoa com ondas eletromagnéticas nas frequências extremamente baixas, de aproximadamente 7.86Hz – 8 Hz.

Na escala musical, Lá possui a frequência de 440Hz, e a nota C (dó) é de cerca de 261,656 Hz. Por outro lado, se tomarmos 8 Hz como nosso ponto de partida e trabalhar acima de cinco oitavas (ou seja, as sete notas da escala cinco vezes), chegamos a uma frequência de 256Hz em cuja escala a nota A tem uma frequência de 432Hz.

Mas não é esta a frequência que utilizamos atualmente, mas sim 440 Hz. No ano de 1939, ano que o nazismo vigorava, foi inserido de forma obrigatória a frequência em 440Hz, com o intuito de gerar insegurança e caos na Alemanha. Segundo estudos, esta frequência é capaz de estimular uma desordem interior ao ponto de deixar a pessoa incomodada. E desde então, este padrão perdura.

Os mais céticos dizem que esta informação não vai além de boatos, contos da carochinha. Afirmam que padrão foi instituído inicialmente para que os órgãos das igrejas soassem da mesma forma e em 1936 a American Standard Association (ANSI), órgão responsável por criar padrões, recomendou o uso de 440Hz e em 1955 houve uma oficialização internacional feita pela International Organization for Standarization (ISO).

Existem diversos estudos e o assunto vai muito além, recomendo para quem se interessou que busque conhecimento e chegue a alguma conclusão.

Eliza Blum

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/08/2016
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Eliza Blum em Ter Ago 02, 2016 10:06 pm

Mais uma curiosidade sobre Música:
Cymatica
As frequências sonoras e vibracionais podem interferir em muitas coisas inclusive o cérebro. Não acredita? Veja o vídeo!


Eliza Blum

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/08/2016
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Eliza Blum em Ter Ago 02, 2016 10:13 pm

Hiperrealismo, uma corrente que deriva do Fotorrealismo e que teve origem na segunda metade do século XX. Nos dias de hoje, porém, continua ainda muito em voga.

Como o próprio nome indica, o Hiperrealismo é uma realidade levada ao extremo e, para isso, é trabalhada a partir da imagem fotográfica: tal como a corrente fotorrealista, utiliza a fotografia para agregar informação e o trabalho final é muito parecido ao deste meio. No entanto, o movimento hiperrealista distancia-se daquele, indo mais longe. Enquanto que as pinturas e esculturas fotorrealistas são imagens sem contexto, limpas de qualquer carga social, política ou emocional, os hiperrealistas sublinham este aspecto, dando um significado narrativo a cada imagem.

Tendo uma base fotográfica, o resultado final é, no entanto, mais complexo e subjectivo, criando a ilusão de uma nova realidade não presente na fotografia original: a chamada simulação da realidade. Focando-se nos detalhes, a fotografia digital foi um novo alento para esta corrente que nos tem dado artistas bastante talentosos.

Um dos artistas vivos mais falados nos dias de hoje é Gottfried Helnwein, um austríaco hiperrealista conhecido por trabalhar em diversos meios. A infância é um tema recorrente nos seus trabalhos que se focam na perda de inocência e no sofrimento desta faixa etária, além dos trabalhos com personagens de banda desenhada, que são representados muitas vezes de forma sombria e controversa. Os auto-retratos são também bastante perturbadores, principalmente porque em nenhuma das imagens é possível ver o rosto do artista, pois surge frequentemente amarrado.

No entanto, Helnwein não está sozinho. Há muitos hiperrealistas que dão o seu contributo à arte. O americano Chuck Close é outro exemplo que já pintou Kate Moss, Cindy Sherman e Lorna Simpson. Jerry Ott, Glennray Tutor, Sam Jinks e David Jon Kassan são outros nomes.





Eliza Blum

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/08/2016
Idade : 23
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Professor Cesar em Seg Set 19, 2016 9:19 am

Status: Visto
Tempo: Esgotado

Professor Cesar
Art 'n' CELC Admin
Art 'n' CELC Admin

Mensagens : 1815
Data de inscrição : 22/05/2010
Localização : CWB

Ver perfil do usuário http://artn.highforum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividades - Vanessa 35

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 1:35 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum