Art'n
'Enquanto a história conta o que aconteceu, a arte, simplesmente acontece!'
Últimos assuntos
» dayane graunke
Seg Set 19, 2016 9:27 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:26 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:25 am por Professor Cesar

» Atividades da Jessica
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» atividades do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» Atividades de Hingred
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» atividade do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» Atividade do Kaio
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

» Atividade de Dayane
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Estatísticas
Temos 2201 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de karlasoares

Os nossos membros postaram um total de 15250 mensagens em 2514 assuntos
Votação
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Furl  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking


atividade Lucas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

atividade Lucas

Mensagem por lucas souza c em Ter Ago 09, 2016 8:41 pm

atividades

lucas souza c

Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividade Lucas

Mensagem por lucas souza c em Ter Ago 09, 2016 8:50 pm


AO ABRIR AS CORTINAS, UMA MULHER GRÁVIDA TEM A PERNA PRESA POR PARTES DOS ESCOMBROS.

Mulher – Alguém ajuda, por favor! Eu não pedi essa guerra!!… Eu vou sair daqui!

A MULHER TENTA SE LIVRAR DOS ESCOMBROS.

Mulher – Ajude, meu Deus! Eu não estou aguentando mais! Preciso salvar essa minha criança. Ela é a única coisa que me sobrou depois de tudo. Socorro!… Socorro!… Tem alguém por aí?… Socorro!… (ELA PRA. ESTÁ EXAUSTA) Fome!… Sede!… Medo!…

A MULHER DESMAIA. ENTRA UM HOMEM BASTANTE FERIDO.

Homem – Tem alguém ali embaixo.

O HOMEM, COM DIFICULDADES, CHEGA ATÉ OS ESCOMBROS.

Homem – Moça!… Moça!…

O HOMEM MOLHA A MÃO COM SUA SALIVA E PASSA NA BOCA DA MULHER, QUE PASSA A LÍNGUA SOBRE SEUS LÁBIOS.

Homem – Moça, você está bem?

A MULHER ABRE OS OLHOS.

Mulher – Não me mate!

Homem – Não vou lhe matar!

Mulher – Eu não tenho culpa da guerra.

Homem – Eu também não!

Mulher – Eu preciso salvar meu filho!

Homem – Cadê seu filho?

Mulher – Tá aqui comigo!

Homem – Minha nossa! Você tá grávida!

Mulher – Socorro, moço, socorro!

Homem – Vou te ajudar a sair daí.

Mulher – Fome!… Sede!…

Homem – Fica calma! Vou tentar tirar isso de cima de você.

O HOMEM, COM DIFICULDADE, CONSEGUE TIRAR UM PEDAÇO DOS ESCOMBROS QUE ESTAVAM PRENDENDO A PERNA DA MULHER.

Homem – Deixa eu te ajudar a levantar.

Mullher – Eu não consigo! Estou muito fraca. Minha barriga está doendo muito!

Homem – De quanto tempo você tá?

Mulher – Três meses!

Homem – Quanto tempo você tá aqui?

Mulher – Não sei, moço!

Homem – Você tá muito fraca!

Mulher – Moço, tô com fome!… Tô com sede!…

Homem – Aqui não tem comida, a água que estava escorrendo pelas fendas, secou… Eu tô há dias procurando uma saída.

O HOMEM TIRA DO BOLSO UM PEDAÇO DE PÃO E DÁ PRA MULHER, QUE COME DESESPERADA.

Mulher – O que vai ser de nós, moço? O que vai ser?

Homem – Fique calma!

A MULHER TENTA SE LEVANTAR, MAS CAI.

Homem – Não faz isso, moça! Seu bebê!

A MULHER SE ESTIRA NO CHÃO.

Mulher – Socorro! Socorro! Eu quero sair daqui!

Homem – Olha só, moça! Atrás de onde estava você tem uma luz! Pode ser a saída!

O HOMEM COMEÇA A TIRAR OS ESCOMBROS COM DIFICULDADES. A MULHER, DE JOELHOS, TENTA AJUDÁ-LO.

Homem – Não faça esforço! Deixa que eu consigo!

Mulher – É pela liberdade do meu filho!

Homem – Mas você está fraca!

Mulher – Você também!

Homem – Mas eu sou homem!

Muher – E eu sou mulher!

Homem – Eu só quero te proteger!

Muher – Eu só quero salvar meu filho!

NA MEDIDA EM QUE VÃO SE POSICIONANDO, VÃO RETIRANDO OS ESCOMBROS.

Homem – É por isso mesmo!

Mulher – Eu quero ajudar!

Homem – Você acha que guenta?

Mulher – Nem que seja a última coisa que eu faça!

Homem – Você tem coragem!

Mulher – Você também!

Homem – A gente vai conseguir!

Mulher – Tenho certeza que sim!

DIANTE DELES SURGE UM GRANDE CLARÃO.

Mulher – Conseguimos! Obrigado, meu Deus!

Homem – Eu não acredito!

OS DOIS SE ABRAÇAM E VÃO DESCENDO, ABRAÇAÇADOS. FAZEM CARINHO NO ROSTO, UM NO OUTRO.

Mulher – Você salvou a vida do meu filho!

Homem – A gente se salvou!

Mulher – Não sei de onde tirei tanta força!

Homem – A gente só sabe a força que tem quando precisa dela.

Mulher – Você foi forte!

Homem – Nós fomos!

Mulher – Maldita guerra!

Homem – Malditos os homens que se preocupam em fazer a guerra!

Os Dois – Malditos!

OS DOIS SE ENCARAM, OLHO NO OLHO. A MULHER SE DEITA SOBRE O COLO DO HOMEM. SEGURA A BARRIGA.

Homem – Que foi?

Mulher – Dor… Muita dor!

Homem – Preciso te levar prum hospital.

Mulher – Não sei se ainda vou resistir!

Homem – Claro que vai!

Mulher – Meu filho não vai resistir!

Homem – Guenta! Você foi forte até agora.

Mulher – Meu filho não vai resistir!

Homem – Então espera que eu vou buscar ajuda!

Mulher – Obrigado por me ajudar a sair.

Homem – Guenta firme!

O HOMEM DEITA A MULHER SOBRE O CHÃO E SE LEVANTA.

Mulher – Não precisa mais, moço!

Homem – Agora, mais do que nunca!

Mulher – Meu filho não resistiu!

A MULHER TEM A ROUPA MANCHADA DE SANGUE. O HOMEM SE COLOCA NO CHÃO E COLOCA A MULHER SOBRE O SEU COLO.

Mulher – (CHORANDO) E agora, moço? Como vai ser meu amanhã?

Homem – O amanhã é sempre uma nova história!

O HOMEM FAZ CARINHO NOS CABELOS DA MULHER. A LUZ CAI EM RESISTÊNCIA. SONS DE SIRENES E SONS DE BOMBAS SE INTERCALAM.

– FIM –

lucas souza c

Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividade Lucas

Mensagem por Professor Cesar em Dom Set 18, 2016 3:06 pm

???

Professor Cesar
Art 'n' CELC Admin
Art 'n' CELC Admin

Mensagens : 1815
Data de inscrição : 22/05/2010
Localização : CWB

Ver perfil do usuário http://artn.highforum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividade Lucas

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:42 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum