Art'n
'Enquanto a história conta o que aconteceu, a arte, simplesmente acontece!'
Últimos assuntos
» dayane graunke
Seg Set 19, 2016 9:27 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:26 am por Professor Cesar

» atividades do Everton
Seg Set 19, 2016 9:25 am por Professor Cesar

» Atividades da Jessica
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» atividades do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:24 am por Professor Cesar

» Atividades de Hingred
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» atividade do Carlos
Seg Set 19, 2016 9:23 am por Professor Cesar

» Atividade do Kaio
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

» Atividade de Dayane
Seg Set 19, 2016 9:22 am por Professor Cesar

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Estatísticas
Temos 2201 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de karlasoares

Os nossos membros postaram um total de 15250 mensagens em 2514 assuntos
Votação
Dezembro 2016
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Social bookmarking

Social bookmarking Digg  Social bookmarking Delicious  Social bookmarking Reddit  Social bookmarking Stumbleupon  Social bookmarking Slashdot  Social bookmarking Furl  Social bookmarking Yahoo  Social bookmarking Google  Social bookmarking Blinklist  Social bookmarking Blogmarks  Social bookmarking Technorati  

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking

Conservar e compartilhar o endereço de Art'n em seu site de social bookmarking


atividades elyza 09

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

atividades elyza 09

Mensagem por elyza nayara em Sex Ago 26, 2016 8:46 pm

Surgiu após a morte de Jesus Cristo, onde seus discípulos começaram a espalhar os seus ensinamentos. Inicialmente, a mensagem foi espalhada apenas pela Judeia, província romana e depois se espalhou pelo Império Romano. Nesse período, houveram várias perseguições aos cristãos, que se iniciou no ano de 64, no governo do Imperador Nero e a mais violenta delas ocorreu entre 303 e 305 no governo de Diocleciano.

Devido a essas perseguições, os primeiros cristãos faziam a arte nas catacumbas, nas paredes e tetos, nos sepulcros, onde eram colocados os mártires.

Primeiro, as pinturas somente representavam a cruz (sacrifício de Jesus), a palma (martírio), a âncora (salvação) e o peixe (suas letras em grego são as iniciais do nome de Jesus) que eram os símbolos dos cristãos.

Logo depois, começaram a surgir cenas do Antigo e Novo Testamento, sendo que, em destaque, os artistas retratavam Jesus Cristo. A arte não era feita por grandes artistas, mas por pessoas comuns, convertidas à religião. Com o final das perseguições em 313, o Imperador Constantino se converteu à religião e permitiu que ela fosse livre e professada. Assim em 391, no governo do Imperador Teodósio, o cristianismo foi oficializado como a religião do império.

elyza nayara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por elyza nayara em Sex Ago 26, 2016 8:49 pm

Grego:
ίχθύς - ICHTHYS (peixe em Português).

No grego, a palavra que significa peixe, produz um acróstico cheio de significado:
Ίησοΰς – Χριστός – Θεού – Υίός - Σωτήρ
I)ÉSÚS - (CH)RISTÓS - (TH)EOÚ - (HY)ÓS - (S)ÓTÉR
JESUS - CRISTO - DEUS - FILHO - SALVADOR

Traduzindo esse acróstico grego: Jesus Cristo, Filho de Deus, o Salvador.

A origem desse símbolo está nos primeiros anos de vida da Igreja Primitiva: desde o primeiro século os cristãos eram perseguidos, e não podiam declarar publicamente sua fé. Não podiam sair confessando "Creio em Jesus". Por esta razão, os cristãos desenvolveram formas "discretas" de confessar sua fé, sem correr o risco de ir parar nas Arenas com os leões. Uma delas era desenhar, mesmo no chão ou na parede, aquele peixe estilizado, como vemos no início deste tema. E por que razão o peixe poderia ser o símbolo do cristianismo? Por que os primeiros discípulos eram pescadores e se tornaram pescadores de gente? Por que Jesus fez um célebre milagre de multiplicar pães e peixes? A identificação com esses fatos bíblicos é interessante, mas, a razão é mais poética!! É que peixe em grego - língua corrente do Império Romano nos tempos de Jesus - forma o belíssimo acróstico citado acima.
Para nós cristãos é mais que uma simples coincidência, é uma Declaração de Fé.
Melhor dizer: é a menor e mais completa Declaração de Fé: "Jesus Cristo, Filho de Deus, o Salvador!"

elyza nayara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por elyza nayara em Sex Ago 26, 2016 8:51 pm

A arte bizantina diz respeito à arte de caráter, eminentemente religioso que foi produzida no Império Bizantino – leste do Império Romano após sua divisão em 395 d.C.

Após a divisão do Império Romano em duas partes em função de conflitos políticos e problemas com as fronteiras, o Imperador Constantino transferiu a capital do império para Bizâncio, adotando o nome de Constantinopla. A então capital Constantinopla foi o centro artístico mais importante desse período.

A arte bizantina, em função de sua localização geográfica, incorporou características do oriente como Ásia Menor e Síria, além de influências greco-romanas. A arte bizantina se destacou na pintura, na escultura, mas foi o mosaico e a arquitetura que se destacaram de forma mais expressiva. Ao contrário do que parece ela não tinha apenas finalidade decorativa, mas também possuiu um objetivo didático e educativo ao orientar os fiéis, especialmente os analfabetos, no entendimento das passagens bíblicas por meio de reproduções da vida de Cristo. Em função disso os artistas deveriam seguir fielmente um padrão e as tradições, desse modo os artistas não poderiam mais seguir sua imaginação e criatividade.

A arte Bizantina pode ser dividida em dois momentos que marcam essa divisão que deu-se em função de ideias e conflitos religiosos e filosóficos que acabaram por destruir grande parte das pinturas, esculturas e mosaicos das igrejas. Os grupos que eram contra qualquer imagem de natureza religiosa eram chamados de iconoclastas que significa destruidores de imagens. Somente por volta do século IX é que as imagens voltam a decorar as Igrejas.

Na pintura Bizantina ganham destaque os afrescos nas paredes das igrejas, as pinturas em painéis portáteis e as miniaturas usadas nas ilustrações dos livros. Como exemplo pode-se citar a Madona Entronizada, têmpera sobre painel, pintura datada do final do século XIII. As esculturas não são muito frequentes na arte Bizantina, no entanto as esculturas criadas são geralmente trabalhadas em marfim.

Os mosaicos ganham destaque especial na arte Bizantina como expressão máxima desse período. Os mosaicos eram confeccionados com pequenos pedaços de pedras e vidros sobre cimento fresco. Os mosaicos ilustravam além das passagens bíblicas, retratos do imperador. Justiniano e seu Séquito (547 d.C.) é um bom exemplo da aplicação dessa técnica. Nele as figuras humanas são representadas com corpos alongados e rígidos, cabeças e pés pequenos com grandes olhos, toda representação de movimento na cena é excluída, sugerindo um novo ideal de beleza.

elyza nayara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por elyza nayara em Sex Ago 26, 2016 8:56 pm

Mosaico é a arte decorativa que utiliza pequenos fragmentos de cerâmica, vidro, mármore ou qualquer outro material, em forma de pastilhas
(teselas-do latin tessellas que significa cubo)
para a elaboração de desenhos .São infinitas as adaptações e variações de tema, material, cores e aplicações exploradas no decorrer do tempo, no entanto, o método de elaboração tem sido o mesmo através dos séculos...

A técnica consiste, basicamente, em executar um desenho de fundo,
que poderá ser decalcado ou mesmo transferido por quadrícula para a superfície que será decorada e depois, sobre este desenho transferido, aplicar as teselas compondo as figuras traçadas como se fosse um quebra cabeças.


Mosaico é possivelmente uma palavra de origem grega (de µουσαικόν, transl. mousaikón, "obra das musas"[1]), embora a técnica seja antiquíssima. É um embutido de pequenas peças (tesselas) de pedra ou de outros materiais como plástico, areia, papel ou conchas, formando determinado desenho. O objetivo do desenho é preencher algum tipo de plano (geralmente, piso ou parede).

É uma modalidade de arte decorativa milenar, que nos remete à Antiguidade greco-romana, quando teve seu apogeu. Na sua elaboração eram utilizados diversos tipos de materiais.

A técnica da arte musiva consiste na colocação de tesselas, que são pequenos fragmentos de pedras, como mármore e granito moldados com tagliolo e martellina, pedras semipreciosas, pastilhas de vidro, seixos e outros materiais, sobre qualquer superfície. Nos dias de hoje, o mosaico ressurgiu, despertando grande interesse, sendo cada vez mais utilizado, artisticamente, na decoração de ambientes interiores e exteriores.

Em Portugal, destacam-se os mosaicos das ruínas romanas de Conímbriga, datados do século II d.C., além do "mosaico das musas", da villa romana de Torre de Palma (século II - IV d.C.), em Monforte,[2] e os da villa romana de Milreu, no Distrito de Faro, no Algarve - belos exemplares decorativos da época romana.[3]

Também são exemplos de mosaico o calçadão de Copacabana, a disposição dos pisos e azulejos de uma casa, até mesmo algumas gravuras do artista holandês M. C. Escher que tratam do preenchimento do plano. Hoje, entre as principais figuras do mosaico contemporâneo, destacam-se Marcelo de Melo (Brasil)[4], Sonia King (Estados Unidos) e Emma Biggs (Reino Unido).

elyza nayara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por elyza nayara em Sex Ago 26, 2016 8:59 pm

Mosaico contemporâneo

Apreciar uma bela obra de arte, ou admirar-se com alguma técnica de artesanato. Isso é na maioria das vezes estar em sintonia com histórias e culturas milenares. É assim com o mosaico. Ele chama a atenção pela perfeição nos detalhes, já que é constituído de pequenas peças, as tesselas. Para se ter uma ideia, 2500 a.C. no tempo da Civilização Mesopotâmica, a técnica já era usada pelos Sumérios. Eles decoravam colunas e paredes com pequenos pedaços de cerâmica esmaltada.


O período em que as tesselas começaram a ser usadas ainda é incerto. A única certeza, é que elas se tornaram presente nos diversos momentos da história: da Alexandria a Nero e de Nero aos dias atuais, o mosaico continua sendo usado. Claro, hoje ele sofre influências da contemporaneidade e é reinventado a todo instante.

Exemplo dessa reinvenção do mosaico, é o trabalho feito pela artista Sandhi Schimmel Gold. As tesselas que ela usa, são na verdade e-mails de spam. Uma forma de usar o que enche as caixas de e-mail de todo mundo, como obra de arte. Sandhi fala que seu “trabalho reflete a obsessão de nossa sociedade com a beleza através da publicidade, e as imagens sem fim que nos bombardeiam diariamente”.

elyza nayara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 26/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por Professor Cesar em Dom Set 18, 2016 1:34 pm

Tópico avaliado!
Ok, visto.
Tempo esgotado.

Professor Cesar
Art 'n' CELC Admin
Art 'n' CELC Admin

Mensagens : 1815
Data de inscrição : 22/05/2010
Localização : CWB

Ver perfil do usuário http://artn.highforum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: atividades elyza 09

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:38 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum